• Sérgio Fadul - Cruz Terra Santa e Caminhos

Nossa Senhora do Carmo



«A devoção a Maria é uma das flores mais belas do jardim do Carmelo. Diria que é como um girassol. É uma flor que se eleva sobre todas as outras flores. Nascida sobre um grande tronco, cheio de folhas grandes, a flor eleva-se para além da folhagem verde e tem a característica de “voltar-se” para o Sol. Além disso é uma imagem do próprio Sol… Maria era uma Flor assim. Também nós, como flores da sua semente, podemos crescer e florescer diante do Sol que se infundiu nela e também nos quer transmitir os raios da sua luz e do seu calor»

(Beato Tito Brandsma).


Nossa Senhora do Carmo e o Escapulário


Quando na Idade Média muitos peregrinos viajavam da Europa para a Terra Santa, alguns ficaram no Monte Carmelo e aí, no meio das suas celas (covas), construíram uma capela dedicada a Maria, a “Senhora do lugar”. Nela se reuniam diariamente para rezar e celebrar a Eucaristia. Assim nasceram os carmelitas.


Quando foram expulsos e alguns mortos, no século XIII, os carmelitas tiveram muitas dificuldades em serem reconhecidos na Europa como uma nova Ordem religiosa. Contaram sempre com a proteção de Maria, seu modelo de seguimento de Jesus Cristo e acabaram incluídos entre os frades Mendicantes, com uma espiritualidade e Regra próprias.


A sua vida e confiança na proteção de Maria fascinou muita gente. Para associar os leigos à sua espiritualidade, os carmelitas impuseram o hábito a muitos deles e criaram uma miniatura do avental desse hábito, o Escapulário, símbolo da proteção de Maria e da pertença espiritual à Ordem do Carmo.


O Escapulário tornou-se uma das devoções populares mais significativas na vida da Igreja. Quem recebe o Escapulário lembra-se sempre de imitar Maria, que escutava a Palavra de Deus, a cumpria e guardava no seu coração, seguindo Jesus Cristo até à Cruz. Quem o traz consigo confia na protecção de Nossa Senhora até à morte. O Escapulário do Carmo é um sinal do amor materno de Maria e a Maria, do modelo mariano de ser cristão, que pede sempre uma resposta de amor a Deus e ao próximo.


Usando o Escapulário, o devoto renova o seu compromisso baptismal de se revestir de Nosso Senhor Jesus Cristo, imitando e confiando em Nossa Senhora.


“Flor do Carmelo, vide florescente, esplendor do Céu, Virgem Mãe, singular. Doce Mãe, mas sempre Virgem, aos teus filhos dá teus favores, ó estrela do mar”

(São Simão Stock).


Oração


Venha em nossa ajuda, Senhor, a poderosa intercessão da bem-aventurada Virgem Maria, Mãe e Rainha do Carmelo, para que, protegidos pelo seu auxílio, cheguemos ao verdadeiro monte da salvação, Jesus Cristo Nosso Senhor. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém.


A imagem de Nossa Senhora do Carmo, padroeira dos Carmelitas, tem vários símbolos, todos interessantes e significativos para a nossa vida espiritual. Vejamos.


O hábito marrom de Nossa Senhora do Carmo


O hábito marrom de Nossa Senhora do Carmo é o hábito da Ordem Carmelita, tanto no ramo masculino, quanto feminino. Nossa Senhora apareceu pela primeira vez dessa maneira a São Simão Stock, num tempo em que a ordem carmelita estava sendo perseguida. São Simão era um carmelita inglês que pedia insistentemente que Nossa Senhora protegesse sua Ordem religiosa. Então, num momento de oração profunda, a Virgem Maria apareceu a ele trajando o hábito dos carmelitas, significando que ela dava total apoio à Ordem. A partir desse momento, as perseguições contra os carmelitas cessaram.


O manto branco de Nossa Senhora do Carmo


A Ordem dos Carmelitas tem uma ligação espiritual profunda com o Monte Carmelo em Israel. Neste local, o profeta Elias esteve na presença de Deus e sua vida se transformou depois disso. Neste local, Elias, pressentindo que seria levado para o céu, viu que era hora de passar o poder profético que Deus tinha lhe dado a seu discípulo Eliseu. Assim, Elias colocou sobre Eliseu o seu Manto Branco, simbolizando que ele passava sua missão de profeta para seu discípulo. Esta é a origem do Manto Branco que os Carmelitas usam nas cerimônias religiosas. Quando Nossa Senhora Aparece usando também o Manto Branco sobre o hábito carmelita, significa que ela passa também a missão profética de viver segundo o Evangelho, a todos os carmelitas e a todos os devotos de nossa Senhora do Carmo.


O Menino Jesus no colo de Nossa Senhora do Carmo


O Menino Jesus no colo de Nossa Senhora do Carmo tem três significados. O primeiro é ela, como Mãe, apresenta Jesus ao mundo. O segundo é que, com sua mão direita em gesto de bênção, o Menino Jesus está abençoando a humanidade. E o terceiro é que estando o menino Jesus com uma túnica branca, significa que ele também passa a missão de viver o Evangelho aos Carmelitas e aos devotos de Nossa Senhora do Carmo.


A coroa de Nossa Senhora do Carmo


A coroa de Nossa Senhora do Carmo rodeada de estrelas e uma aura brilhante simboliza a realeza da Mãe de Jesus. Significa que, como rainha do céu e da terra, a Virgem Maria pode interceder por todos aqueles que recorrerem a ela em oração, especialmente os Carmelitas e os devotos de Nossa Senhora do Carmo.


O