• Igreja Matriz Nossa Senhora da Glória

SANTO DE HOJE...


Ele nasceu em 1225 em família nobre da Itália, caçula do conde de Aquino, foi educado pelos beneditinos de Monte Cassino. Era pelos corredores do mosteiro que o menino fazia suas indagações a respeito de Deus. Inteligente acima da média ia crescendo em conhecimento e sem deixar de experimentar a Deus nas orações e na prática da caridade.


Aos 14 anos de idade ele entrou para Ordem dos Pregadores - Dominicanos. Porém, foi surpreendido pela fúria de uma mãe que o tinha preparado para ser monge Beneditino. Tomás fugiu, mas foi capturado e espancado pelos irmãos (de sangue) que queriam arrancar seu hábito… Suas irmãs foram persuadidas pela mãe a envolvê-lo para que ele aceitasse as vantagens materiais que ele teria sendo beneditino. Mas o “tiro saiu pela culatra” porque quem as envolveu foi ele, Tomás: uma delas decidiu servir a Deus como abadessa no convento de Santa Maria de Cápua.


Não satisfeita, a família trancou Tomás na torre do castelo de Roccasecca onde ele viveu a contemplação e aprofundamento espiritual por dois anos de sua vida. Ele era alimentado pela suas próprias orações e pela intercessão de seus irmãos dominicanos que de longe o acompanhavam, mandavam livros e hábitos, tudo ajudado pelas irmãs que antes o queriam afastado de sua verdadeira vocação e agora entendiam os desígnios de Deus na vida de Tomás de Aquino.


Ele ainda sofreria o último grande insulto de sua família que fizera entrar na torre uma mulher para seduzi-lo, Tomás pôs a mulher a correr usando a tocha que iluminava o lugar.


Ainda preso, Tomás de Aquino foi visitado por dois anjos que disseram: “Viemos da parte de Deus conferir-te o dom da virgindade perpétua, que a partir de agora será irrevogável”. Sua família enfim entendeu a vocação e o deixou seguir seu caminho.


É difícil resumir aqui a vida do notável Tomás de Aquino porque o resumo já seria um livro da mais alta qualidade em sabedoria e graça, mas lembramos de uma personalidade que deixou para a Igreja um legado indiscutivelmente importante pela sua intelectualidade e por seu envolvimento na essência de Cristo, no amor incondicional a Deus.


Ele estudou com São Alberto Magno, foi conselheiro de Urbano IV, Clemente IV e Gregório X, além do rei São Luiz da França, deu aula em diversas universidades da Itália, mas nunca esqueceu da humildade e caridade de frei, e cobrava isso tanto dele próprio quanto dos demais.

Tomás morreu aos 49 anos, quando se dirigia ao II Concílio de Lion, causando grande comoção e homenagens de diversas instituições de ensino.


São Tomás de Aquino rogai por nós.

6 visualizações
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square