top of page
  • Foto do escritorSérgio Fadul

A Ucrânia sofre com guerra religiosa?


Iniciada a guerra da Rússia contra Ucrânia, muitas desinformações surgiram, além de apelos sensíveis, mas equivocados, entre ambos os lados.

É importante frisar que a religião predominante na região da Rússia no pós fim da União Soviética é ainda a Igreja Ortodoxa Russa. Porém, na Ucrânia não! Apesar da separação da Igreja Ortodoxa Ucraniana da Russa (o que é lamentável), na Ucrânia, existe uma grande diversidade "religiosa",

Fala-se de muitas coisas, mas temos que ter cuidado, pois a maioria das falas é mentirosa, buscando justificar atos de um lado e de outro, tanto na guerra, quanto em outras ações.

A Rússia, lembremos, foi um dos países que integravam a antiga União Soviética, berço do comunismo, país para o qual Nossa Senhora de Fátima pede as orações, para que aquele mal acabasse. Mas, hoje, é importante saber que a Rússia não é a URSS, nem tanto é comunista. Pelo contrário, é capitalista e detém muitas riquezas e poder econômico.

Uma das coisas que me impressiona na Rússia, inclusive divulgado em um filme documentário católico, "Fátima, o último mistério", é o fato que não só a Rússia se tornou um país cristão, mas também que lá não há, por exemplo, autorizações para sites de pornografia, o que é fortemente combatido no país. Assim como a China, Brasil, Índia e África do Sul, integra o grupo denominado BRICS, o qual busca ter uma relevância maior diante dos países, por conta do poder econômico destes.

O que está em guerra são os governos e suas discordâncias, entremeadas em pequenos e médios conflitos com civis e militares mortos. A música, arte, dança, literatura, cultura e religião não tem nada a ver com a situação.

Tenhamos também bastante atenção para não usarmos de julgamento equivocado, pois vemos hoje a xenofobia agravada e exacerbada entre as pessoas de bem, por instigação de alguns que promovem a discórdia.

Muito interessante é saber que existem várias comunidades no Brasil que são de Russos e Ucranianos. Há, em especial, no Paraná, duas comunidades que me chamaram bastante atenção. Elas ficam próximas de Ponta Grossa e sua distância não é superior a 20 Km. Outra coisa importante de lembrar é que muitos ucranianos tem seus antecedentes vindos da Rússia.

Guardemos então a informação que xenofobia é pecado, pois é um pré-julgamento de uma pessoa pelo local onde nasceu. Nos EUA, na segunda guerra mundial, em especial após o ataque de Pearl Harbour, a xenofobia matou muitas pessoas que eram americanas, porque eram descendentes de japoneses. Mas suas famílias e sua vida era toda no país. Afinal, quem é realmente descendente original dos países? Nem os índios das américas, já que alguns estudiosos concluíram serem estes descendentes de asiáticos da China, ou de países do Pacífico. Na América do Norte ainda tem a influencia de nórdicos e até eslavos. E ainda temos os fenícios marcando a história nas américas através das sociedades diferenciadas, como a dos maias, astecas e incas...

Nos interesses pessoais de grandes ricos por causa da guerra, temos que ter cuidado com as imagens que cada um cria. Há quem diga que os russos não acreditam em Deus, apesar de 75% da população ser cristã ortodoxa. O que cada um diz, busca arrendar grupos diferentes para um ponto mascarado.

E o que temos que fazer nesta guerra?

Com certeza não somos e nem precisamos ser especialistas em todos os assuntos, porém, podemos sempre fazer a coisa certa. Julgar não é o certo. A crítica deve ser para ações, não para pessoas. Mas, independente do certo ou do errado na situação, assim como a chuva cai sobre justos e ímpios, podemos fazer nossa oração pela paz dos países. O tempo se encarrega a revelar as verdades em tudo. Fiquem na paz de Deus!


18 visualizações

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page