• Sérgio Fadul / genealogia do algarve

Beato Vicente de Santo Antônio


Natural de Albufeira, onde nasceu em 1590, Vicente de Carvalho (nome de batismo de Frei Vicente de Santo António), era filho de António Simões, um médico dessa cidade e de Catarina Pereira.


Oriundo de uma família nobre, Vicente dedicou-se aos estudos na sua terra natural até 14 anos, idade com que partiu para Lisboa, onde estudou por mais oito anos. Revelou-se, então, um bom cantor, músico, destro tocador de instrumentos, conhecedor de línguas clássicas, desenhador, estudante de Medicina e esgrimista. No entanto, foi a sua grande vocação religiosa que se sobrepôs, fazendo-o tomar a decisão de tornar-se padre, em 1612.


No ano de 1621, quando já se encontrava no México, ingressou na Ordem dos Agostinhos Recoletos. Assumindo-se missionário, desse país seguiu para as Filipinas e daí para o Japão. Vicente chegou a este país numa época bastante conturbada, em que os seus governantes, receando a propagação do cristianismo, iniciam grandes perseguições religiosas aos cristãos.


Fugindo a essas perseguições, Frei Vicente de Santo António refugiou-se nas montanhas, onde permaneceu durante 6 anos, nunca deixando de dar catequese aos nativos. Preso em 1629, esteve encarcerado durante dois anos. Em 2 de Setembro de 1632, foi-lhe lida a seguinte mensagem: “Manda o Imperador que no lugar já preparado sejam os seis queimados vivos, se não renegarem antes a lei que pregam, se o fizerem, porém, ficam livres e serão favorecidos e honrados pelo Imperador”


Frei Vicente viria a acatar o martírio como dádiva de Deus, a 3 de Setembro de 1632, nas imediações de Nagasaqui. Beatificado em 1867, tornou-se padroeiro de Albufeira em 1965.


Beato Vicente de Santo Antônio, rogai por nós!




Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square