• Pascom NS da Gloria

E o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo.



Os judeus bem interpretaram este termo: carne. Hoje diríamos usando o termo: em carne e osso. Ou seja, pessoalmente presente, face a face. A Eucaristia é portanto a pessoa de Cristo presente.


O ministro nos mostra a Eucaristia um segundo antes de comungarmos. Neste instante Cristo nos olha profundamente em nossos olhos, a partir da Hóstia Consagrada... E nos ama.


Recebemos a Comunhão com devoção, e Cristo fortalece a nossa alma. Finda a breve visita, o Espírito Santo, em pessoa, permanece até quando a Ele pedirmos. E a Santissima Trindade em nós habita.


Digerimos as partículas que correm por nossas artérias, latejam em nosso coração e alcançam cada célula de nosso corpo... E eis que somos um clone de Cristo, a espalhar o bem a todos... A converter e dar vida ao mundo.

3° Quinta-feira da Páscoa 🇪🇸 "E o pão que darei é a minha carne dada à vida do mundo". JO 6.51


Os judeus interpretaram bem este termo: carne. Hoje diríamos usando o termo: em carne e osso. Quero dizer, pessoalmente presente cara a cara. A Eucaristia é, portanto, a pessoa de Cristo presente.


O ministro nos mostra a Eucaristia um segundo antes de comungar. Neste momento, Cristo nos olha profundamente nos olhos, a partir da Hóstia Consagrada... E nos ama.


Recebemos a comunhão com devoção, e Cristo fortalece nossas almas. Após a breve visita, o Espírito Santo, pessoalmente, permanece até lhe perguntarmos. E a Santíssima Trindade vive em nós.


Digestamos as partículas que correm através das nossas artérias, palpitam em nossos corações e alcançam cada célula do nosso corpo... E eis que somos um clone de Cristo, estendendo o bem a todos... Transformando e dando vida ao mundo.

3 ª quinta-feira da Páscoa 🇺🇸 " E o pão que darei é a minha carne dada à vida do mundo." JO 6.51


Os judeus bem interpretaram este termo: carne. Hoje diríamos usando o termo: em carne e osso. Isto é, pessoalmente presente, cara a cara. A Eucaristia é, portanto, a pessoa de Cristo presente.


O ministro mostra-nos a Eucaristia um segundo antes de tomarmos a comunhão. Neste momento Cristo olha para nós profundamente nos nossos olhos, começando pelo anfitrião consagrado... E ele ama-nos.


Recebemos comunhão com devoção, e Cristo fortalece nossas almas. Após a breve visita, o Espírito Santo, pessoalmente, permanece até lhe perguntar. E a Santíssima Trindade vive em nós.